transparente
x
Prolector


A BÍBLIA EXPLICA:
Por ser a Bíblia Sagrada o livro eleito como a "Infalível Palavra de Deus" por todos os cristãos e até mesmo por algumas correntes não cristãs, a estaremos usando aqui para confirmar os assuntos abordados.
Estaremos usando a versão ACF "Almeida Corrigida Fiel".

x

HAJA LUZ

(Publicação: 20/12/2013)

A Bíblia e os avanços científicos atuais

Via Lactea As recentes descobertas na área da física quântica, como o bóson de Higgs e suas variantes como o fóton e outras partículas, como também a comprovação da existência da matéria escura e da energia escura no universo, trouxeram-nos maiores esclarecimentos na interpretação dos textos bíblicos que antes eram subentendidos, textos estes que estão por toda a Bíblia, desde o Haja Luz do Gênesis.

Este artigo argumenta a supremacia da Bíblia, cujo conteúdo data de milênios sem nunca ter sido atualizado, e mesmo assim, alem de não se contradizer, harmoniza-se com os avanços científicos de quaisquer tempos, inclusive com os da atualidade.

A Bíblia não é um livro de ciências, para ensinar ciência. É o livro de "Deus", para ensinar sobre "Deus" e o relacionamento entre a criatura e o Criador no desenrolar dos propósitos de Deus, e, em suas narrativas ocasionalmente adentra por assuntos que envolvem tecnologia e ciências. Ela poderia limitar-se ao nível das ciências de milênios passados, da época em que foi escrita, mas ela vai além, além mesmo do tempo atual, citando assuntos científicos que nem mesmo as mentes humanas mais brilhantes ousam imaginar, pois a Bíblia está sempre à frente de seu tempo, ou de qualquer tempo dentro da eternidade.

A Bíblia no geral é de simples interpretação, ao alcance de todos os leitores, porém tem textos cuja interpretação requer métodos hermenêuticos, e contém ainda textos de profundidade tal que somente após ocorrências históricas ou algum avanço técnico ou científico pode-se lhe dar um significado mais próximo daquele que o texto realmente expressa. O encanto está no fato de que, qualquer leitor, qualquer que seja a imaginação que fizer do texto, este sempre o levará a uma maior compreensão do seu Criador.

Até que um acontecimento ou uma descoberta comprobatória esclarecedora não ocorra, aquele texto fica subentendido figurativamente, como algo que sabemos existir, mas que ainda é inexplicável em sua totalidade, podendo-se, no entanto subentendê-lo através de comparações com tipos semelhantes.

É como o livro do apocalipse ou "livro das revelações", cujas narrativas trazem um conteúdo histórico em um invólucro profético, que hoje pode ser conhecido porque a quase totalidade de suas narrativas já ocorreram. Mesmo estando a história totalmente manipulada e desfigurada, consegue-se divisar os personagens referidos no livro. Mas imagine isso no ano 100dC, época logo após a escritura do livro. Como alguém entenderia se os fatos históricos ali expressos ainda não tinham acontecidos? Aquelas verdades expressas no livro eram então entendidas figurativamente, podendo-se então apenas imaginar um porvir.

No princípio

Um desses textos é o famoso "Haja luz"; ou "faça-se a luz", que está bem no comecinho da Bíblia. Alem de falar sobre a criação da luz, o texto fala também que havia "trevas" e que tendo Deus criado a luz fez separação entre a luz e as trevas. Leiamos:
Gênesis 1:
1 - No princípio criou Deus os céus e a terra.
2 - E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.
3 - E disse Deus: Haja luz; e houve luz.
4 - E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas.
5 - E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.

Esse texto bíblico é profundo, e somente agora, após 2012 é que podemos interpretá-lo com uma exatidão mais próxima daquela que o texto realmente expressa, e isto graças aos recentes avanços científicos no campo da física quântica.

O avanço nas descobertas da física

Anos 60

Até os anos 60, a física não conseguia explicar como as partículas ganhavam massa, e isto era fundamental para descrever a formação de átomos e moléculas.

Ano de 1964

No ano de 1964, vários laboratórios ao redor do mundo estudavam o tema. Três deles conseguiram chegar a uma teoria semelhante, postulando a existência de um campo invisível percorrendo o espaço, que acabaria por dar massa às partículas que interagissem com ele. A idéia surgiu, quase ao mesmo tempo, no laboratório de Peter Higgs, na Universidade de Edimburgo, no de François Englert, na Universidade Livre de Bruxelas, e no de Tom Kibble, no Imperial College London. No caso de Higgs ele postulou a existência de uma partícula a qual denominou de "bóson", que se tornou conhecida como o "bóson de Higgs".

Então, o tão falado "bóson de Higgs" ou "partícula de Higgs" é uma partícula elementar cuja teoria nasceu em 1964. Ao longo do tempo os estudos de Higgs se tornaram mais conhecidos, e o físico deu nome tanto à partícula quanto ao campo previsto pela teoria, Outros laboratórios também pesquisaram a teoria e alcançaram algum sucesso, destacando-se entre eles François Englert.

Anos 70

Nos anos de 1970 a 1973 cientistas de todo o mundo desenvolveram o chamado "Modelo Padrão da Física de Partículas", que é uma teoria que descreve as forças fundamentais "forte", "fraca" e "eletromagnética", bem como as "partículas fundamentais" que constituem toda a matéria. É uma teoria quântica de campos, consistente com a mecânica quântica e a relatividade especial.

Assim sendo, os bósons no Modelo Padrão foram assim classificados:
a - Fótons - Que intermediam a interação eletromagnética.
b - Bósons W e Z - Que intermediam a interação fraca.
c - Oito espécies dos glúons - Que mediam a interação forte. Seis destes glúons são rotulados como pares de "cores" e de "anti-cores" (por exemplo, um glúon pode carregar o "vermelho" e "anti-verde"). Outras duas espécies são uma mistura mais complexa das cores e anti-cores.

Ano de 2008

Grande Colisor de Hádrons Grande Colisor de Hádrons O "CERN" (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire ou European Organization for Nuclear Research) "Organização Européia de Pesquisa Nuclear", projetou e construiu nas proximidades de Genebra, na fronteira franco-suiça, o maior "Acelerador de partículas" do mundo chamado de "Grande Colisor de Hádrons (LHC)" que iniciou suas atividades em meados de 2008. Trata-se de um acelerador de partículas diferente dos que há no mundo. Alem de ser o maior de todos, foi desenvolvido para "prótons", enquanto os outros são para outros tipos de partículas. A primeira colisão entre prótons ocorreu em 30 de Março de 2010.

Um dos principais objetivos do LHC é tentar explicar a origem da massa das partículas elementares e encontrar outras dimensões do espaço, entre outras coisas. Uma dessas experiências envolve a partícula "bóson de Higgs".

A confirmação da existência dessa partícula foi anunciada no CERN em 4 de julho de 2012. A descoberta foi chamada de "monumental".

Essa descoberta permitirá a validação da última área não testada do Modelo Padrão de partículas e forças fundamentais. Também orientará outras teorias e descobertas em física de partículas, e, potencialmente, levar ao desenvolvimento da "nova" física.

Esse projeto envolveu aproximadamente 2 mil físicos de 35 países. Falava-se que alguns cientistas acreditavam que este equipamento poderia provocar uma catástrofe de dimensões globais, como um buraco negro que acabaria por destruir a Terra. Fala-se que houve um processo num tribunal do Havaí tentando impedir a experiência até que houvesse uma total comprovação de que não haveria riscos para o planeta.

Filamentos Cósmicos FOTO DO UNIVERSO
com filtros para visualização da energia escura.
Os filamentos - finos e grandes da cor lilás - são formados por uma energia chamada "energia escura", que não se sabe ao certo o que é. Ela é totalmente sem massa e invisível. A cor lilás lhe foi eletronicamente adicionada para que na foto pudesse ser vista. Há uma hipótese de que ela existe numa dimensão do nosso universo fora do alcance da nossa percepção sensorial atual.
Os pontinhos brancos - grandes, médios e pequenos - são, cada um deles, aglomerados de milhares de galáxias. E cada galáxia contém milhares de estrelas, planetas e outros corpos celestes.
Um destes pontinhos brancos, dentro de um destes filamentos, é um aglomerado de galáxias dentro do qual se encontra a Via Láctea, que é a galáxia na qual o sistema solar e o planeta Terra encontram-se localizados.
Universo Acelerado sem a Energia Escura Universo Acelerado sem a Energia Escura

Espectro Eletromagnético Espectro eletromagnético que somente existe graças a existência do bóson também chamado de fóton.

O termo fóton foi cunhado por Gilbert N. Lewis em 1926.

spin - Dicionário Houaiss.
\sp"n\ [ing.] s.m. (d1929) fís.quânt momento angular intrínseco de uma partícula que toma valores característicos para tipos diferentes de partículas
[O spin possui valores quantizados restritos a múltiplos inteiros ou semi-inteiros da constante de Planck dividida por 2p.] ² s. isobárico fís.quânt m.q. spin isotópico • s. isotópico fís.quânt número quântico que serve para distinguir hádrons de cargas elétricas diferentes, nas interações fortes; isospin, spin isobárico ¤ gram pl.: spins (ing.)
Em outras palavras: O spin é representado por um vetor, o qual está relacionado com o sentido da carga eletromagnética de uma partícula.

Metáfora - Dicionário Houaiss.
s.f. (sXIV) estl ling ret designação de um objeto ou qualidade mediante uma palavra que designa outro objeto ou qualidade que tem com o primeiro uma relação de semelhança (p.ex., ele tem uma vontade de ferro, para designar uma vontade forte, como o ferro) ¤ etim lat. metaphòra,ae 'metáfora', do gr. metaphorá,âs 'mudança, transposição', p.ext. em ret 'transposição do sentido próprio ao figurado, metáfora', do v. metaphéró 'transportar'

O que descobrimos então?
Até que não mude, fica assim:

O conteúdo integral do Cosmo é composto por 23% de matéria escura e 72,4% de energia escura e somente 4,6% de matéria normal, composta de prótons, elétrons e bósons.

O bóson é de suma importância para o surgimento de toda a matéria do universo. Sem o bóson seria impossível explicar porque as demais (não todas) partículas ganharam massa. Sem o bóson, todas as partículas estariam andando pelo universo à velocidade da luz, e nunca poderiam se juntar para formar átomos, que por sua vez formam tudo o que existe no universo. Segundo os cientistas, tudo o que existe é formado por material estelar, inclusive o nosso corpo físico.

Os fótons são bósons e possuem Spin igual a um. A troca de fótons entre as partículas como os elétrons e os prótons é descrita pela eletrodinâmica quântica, a qual é a parte mais antiga do Modelo Padrão da física de partículas. Ele interage com os elétrons e núcleo atômico e são responsáveis por muitas das propriedades da matéria, tais como a existência e estabilidades dos átomos, moléculas, e sólidos. Os fótons propriamente não possuem massa, mas proporcionam massa as demais partículas.

Esse "fóton", que é um tipo de bóson, tem sido chamado por alguns como "partícula fantasma", pois tem as qualidades de um ser espiritual, que tem energia mas não tem matéria.

Qualquer tipo de luz é composto de um ou mais fótons se propagando pelo espaço como ondas eletromagnéticas. Então sem fótons, não há luz e não há matéria. O fóton não se transforma em matéria. Ele cede sua energia para outra partícula, a qual é transformada em massa. Assim a matéria se originou dos fótons. Além de fótons, existem outras partículas, mas no geral, é assim que um fóton pode formar matéria.

Então foi assim que Deus criou a matéria, apenas dando energia a um elemento sem massa, logo inexistente aos nossos sentidos, para que este cedesse sua energia a uma partícula de tal forma que esta partícula adquirisse massa e viesse a existência. Está na Bíblia.
Hebreus 11.3:
Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.
Traduzindo o texto para os que não perceberam:
Pela fé entendemos = Nós cremos racionalmente (Pois a fé não é uma esperança cega).
que os mundos = que o universo
pela palavra de Deus foram criados = pela ordem de Deus foram criados
de maneira que aquilo que se vê = de maneira que a matéria visível ou detectável (partículas com massa)
não foi feito do que é aparente = não foi feito de coisas existentes (mas de coisas inexistentes (partículas sem massa).

Haja luz e suas conseqüências

Agora dá para entender melhor. O "haja luz" em um sentido mais amplo foi a criação do elemento "fóton", o qual mesmo não tendo massa trouxe à existência todo o espectro eletromagnético inclusive a faixa de freqüências da luz visível, e conseqüentemente toda a matéria.

Então, esse texto de Gênesis, melhor explicado, fica assim:
Gênesis 1 :
1 No princípio criou Deus os céus e a terra.
# Antes da matéria Deus concebeu o plano para criar os céus e a terra.

2 E a terra era sem forma e vazia;
# Não havia ainda matéria para se dar forma e encher a terra,
Texto bíblico ilustrativo. Isaías 45.18:
Porque assim diz o SENHOR que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o SENHOR e não há outro.

2b - e havia trevas sobre a face do abismo;
# - havia somente matéria e energia escura.

2c - e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.
# Como ainda não havia matéria, esta água está no sentido metafórico.

3 - E disse Deus: Haja luz; e houve luz.
# E disse Deus: Haja luz, ou façam-se os fótons que transmitam massa às partículas transformando-as em matéria.
# Ou ainda: Faça-se o Espectro Eletromagnético.
# Este é o momento sublime do início da criação de tudo o que tem existência material.

4 - E viu Deus que era boa a luz;
# E viu Deus que aquilo era bom.

4b - e fez Deus separação entre a luz e as trevas.
# e fez Deus separação entre a energia e matéria visível, e a energia e matéria escura, invisível.

5 E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.
# Dia e noite aqui são metáforas, e o dia primeiro refere-se a primeira fase da criação, ou o primeiro capítulo dessa história.

Quase todos os cientistas são "ateus" e têm isso como status. Mesmo assim nós lhes somos gratos, porque cada vez mais eles comprovam as verdades bíblicas para nós. Até acho que para fazer todas essas afirmações eles estão lendo a Bíblia, enfim, está tudo lá. A Bíblia tem também uma palavra para eles:
Salmos 14:

1 - Disse o néscio no seu coração: Não há Deus. Têm-se corrompido, fazem-se abomináveis em suas obras, não há ninguém que faça o bem.
Néscio = estúpido.
Note que "néscio" aqui é alguém que não crê na existência de Deus. Não está se referindo a pessoas que não têm religião, pois não é necessário ter religião para se crer em Deus. Ver o (estudo bíblico "Conceito de Religião").

Todas os eventos históricos, como também as descobertas e avanços técnicos e científicos da humanidade, devem ser recebidas com reservas pelos cristãos, pois em cima destes anúncios existem inúmeros interesses obscuros de grupos organizados que manipulam a história e as verdades conforme seus interesses.

Deus não tem segredos guardados. Está tudo aí para quem quiser pesquisar. Deus tem sim mistérios, que são coisas que estão alem das limitações da mente humana.

Do exposto, sugiro uma oração juntamente com o salmista.

Se você gostar e preferir, ligue o som e enquanto lê a oração do salmista ouça o Nelson Ned cantando "Sonda-me", que é uma canção baseada neste texto bíblico. Se não gostar, pule esta parte, e leia-a no seu silêncio.
Salmos 139:
1 - SENHOR, tu me sondaste, e me conheces.
2 - Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento.
3 - Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos.
4 - Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces.
5 - Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão.
6 - Tal ciência é para mim maravilhosíssima; tão alta que não a posso atingir.
7 - Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?
8 - Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também.
9 - Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar,
10 - Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.
11 - Se disser: Decerto que as trevas me encobrirão; então a noite será luz à roda de mim.
12 - Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa;
13 - Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe.
14 - Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.
15 - Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra.
16 - Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia.
17 - E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grandes são as somas deles!

(Seleção e comentários dos textos bíblicos: Pr. Walter Vaccaro).

Buscai no livro do SENHOR, e lede;
Isaías 34.16-a.

Estudos Bíblicos
COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário.

De: (Nome ou Pseudônimo)
Região: (Ex: Curitiba, PR, Brasil)
Email: (Não obrigatório mas desejável - Estará em total sigilo.)
Comentário: (900 caracteres ou 15 linhas)
Data: 04/09/2017 - 12:02:04 Hs.
Nome: Ida
Região: Goiania - GO

Mensagem/Comentário:
Explêndido.

Data: 13/03/2016 - 01:31:57 Hs.

Pr. Walter comentou:
O Sol foi criado no quarto dia da criação.

Com isso entendemos que a interpretação dos quatro primeiros capítulos do Gênesis não é literal.

Na simbologia bíblica o Sol é sim símbolo de Jesus e a Lua é símbolo da Igreja.
Jesús também é a "resplandecente estrela da manhã".
Ao que chamamos estrela da manhã ou estrela dalva, é o planeta Vênus, que aparece de madrugada.
Provavelmente não é a esta estrela que a Bíblia se refere, porque trata-se de um planeta e não de uma estrela.

Estrela da manhã mesmo, e resplandecente, é o Sol.








Data: 13/03/2016 - 00:02:18 Hs.

selmaassis comentou:
gostei eu nao entendo muito e nem gosto de física ou química, mas gostei da explicação, no meu raciocínio era Jesus e quem me fez essa pergunta foi uma criança ouvindo a historinha no culto infantil. ela disse eu pensei que a luz era o sol...





Data: 10/02/2016 - 09:43:39 Hs.

Leonardo Ferreira comentou:
Glória a Deus porque tem levantado pessoas que têm humildemente buscado o conhecimento e de forma sabia tem dividido sem restrições!!!



Data: 01/07/2015 - 23:15:39 Hs.

Pr. Walter comentou:
Graça e Paz meu irmão Rômulo.

Quanto ao que se refere a física de partículas, é matéria que já faz parte do currículo escolar atual, que é bem diferente do anos 50 e 60. Quanto ao Colisor, e novas descobertas, as melhores fontes são os sites da BBC, Abril, Globo, etc. Segue abaixo alguns links:
BBC
ABRIL
GLOBO
É isso! Fica com Deus.





Data: 23/06/2015 - 04:32:55 Hs.

Rômulo Sousa comentou:
Reverendo Walter!

Gostaria de parabeniza pela excelente matéria abordada; Também solicitar se possível nomes de livros que nos forneça maiores informações a respeito desta descoberta cientifica que é tema de sua tese.

Muito feliz por compartilha um pouco do seu conhecimento.

Obrigado!!!









Data: 29/04/2015 - 14:22:32 Hs.

pr Walter. comentou:
Ao irmão Paulo Roberto;

Estamos a disposição no que pudermos ajudar. Posta o tema que você procura. Estamos preparando uma série de estudos e talvez possamos encaixá-lo.







Data: 29/04/2015 - 09:58:01 Hs.

PAULO ROBERTO PEREIRA DA SILVA comentou:
Gostei muito do site, estava fazendo uma pesquisa sobre jeremias 48, acabei encontrando, como sou evangélico estou buscando estudo dentro da religião.





Data: 30/12/2014 - 18:56:30 Hs.

Andre Vacario de Souza comentou:
Este estudo nos mostra que o criacionismo não se baseia somente na na fé mas sim nas descobertas humanas sobre o universo.

Pr. Walter nos mostrou que a Bíblia e a ciência muitas vezes caminham lado a lado para nos mostrar as obras de nosso Deus.

É importante não esquecer que aquilo que não vemos e não entendemos ainda é muito maior do aquilo que podemos ver, (Materia e energia escura = deconhecido) porem sabemos que existe.





Data: 04/09/2013 - 23:15:13 Hs.

Pr. Walter Vaccaro comentou:
Deixe o seu comentário.
Se por algum motivo você não quiser se identificar, pode usar um pseudônimo (apelido).
Participe.



setacima

T
o
p
o
setacima

T
o
p
o