transparente
x
Prolector


A BÍBLIA EXPLICA:
Por ser a Bíblia Sagrada o livro eleito como a "Infalível Palavra de Deus" por todos os cristãos e até mesmo por algumas correntes não cristãs, a estaremos usando aqui para confirmar os assuntos abordados.
Estaremos usando a versão ACF "Almeida Corrigida Fiel".

x

O FIM DO MUNDO EM 2012

(Publicação:24/01/2012)

O que é "fim do mundo?"

Quando se fala sobre o assunto "fim do mundo", para a maioria das pessoas pode parecer um assunto de certa forma cômico, mas não é bem assim, pois ao longo da história os alertas de fim de mundo tem levado milhares de pessoas a tomada de decisões extremas sem que pudessem depois se recuperar da queda.

O objetivo deste estudo é abordar o assunto "fim do mundo" com bases no modelo bíblico, visto que a Bíblia indiscutivelmente é autoridade absoluta nessa área a qual, apesar da idade, nunca decepcionou. Ao final deste estudo, com certeza todos nós teremos uma posição mais sólida a respeito.

Do ponto de vista científico, o mundo terá sim o seu fim. Mundo, do ponto de vista astronômico considerando o planeta terra e o sistema solar onde vivemos, sendo que em termos de universo as coisas nunca terminam. Todo o universo está sempre em constantes transformações, de tal forma que todos os corpos celestes vão assumindo outras formas e liberando material interestelar do qual novos corpos celeste serão formados e assim sucessivamente, sempre se renovando em uma sequencia de transformações sem fim, o que nos leva a entender que, nesse aspecto, o fim do mundo será a transformação do nosso planeta, como também do nosso Sol, de tal forma que a vida como a conhecemos não será mais possivel. Isto está predito tanto pela ciência como pela Bíblia.

Fim do mundo Assim sendo, o nosso Sol, que é uma estrela comum, havendo mais de 100 milhões iguais somente em nossa galáxia, já tem cerca de 5 milhões de anos de existência, e dentro de outros 5 milhões de anos se transformará em uma nebulosa planetária que se compõem de uma estrela anã-branca envolvida em uma núvem de material estelar(ver foto comparativa). Evidentemente nesse período, a nossa pequenina terra já sumiu do mapa, e dela restará somente material estelar disperso pelo universo que um dia será utilizado na formação de outros corpos celestes, e assim interminavelmente.

Essas transformações na esfera cósmica ocorre em um ambiente extremamente hostil, com explosões de grandezas inimagináveis. Esse fim do planeta terra está profetizado pelo apóstolo Pedro quando diz:
II Pedro; Capítulo 3:
07 - mas os céus e a terra de agora, pela mesma palavra, têm sido guardados para o fogo, sendo reservados para o dia do juízo e da perdição dos homens ímpios.
08 - Mas vós, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia.
09 - O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se.
10 - Virá, pois, como ladrão o dia do Senhor, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se dissolverão, e a terra, e as obras que nela há, serão descobertas.

Mas quando as pessoas falam sobre o fim do mundo, nem sempre é nesse aspecto que se pretende abordar, mas sim no sentido vida e sua contiuidade, perguntando-se: O que dizem as profecias sobre o fim da humanidade? E nós? Onde ficaremos? O que acontecerá conosco?

Na verdade, êsse é o aspecto do assunto "fim do mundo" que todos querem saber. A vida propriamente dita, e sua contiuidade.

Antes de tudo, um alerta! Sobre o tema "fim do mundo" há inúmeras profecias apócrifas (fora da Bíblia), como segue.


E o mundo não acabou

Profecias e adivinhações dessa natureza já foram proferidas inúmeras vezes, mas o mundo não acabou. De tempos em tempos surge alguém dizendo-se iluminado, mas que termina demonstrando o quanto está obscurecido, convicto que somente ele descobriu a grande verdade, que depois não passa de uma grande mentira concebida por um mente doentia.

Vamos poupar aqui os nomes de organizações religiosas que tiveram alguns de seus líderes envolvidos com essas trapalhadas, os quais com certeza não falaram pelas suas organizações religiosas mas de si mesmos.

Várias datas já foram estipuladas, e o mundo ainda está aquí. Vejamos:

31/12/0999
Os cristãos do primeiro milênio diziam que o ano 1.000 não chegaria, e antes da virada do ano de 999 para o ano 1000 empreenderam grandes peregrinações para Jerusalem. Muitos morreram na viagem e a maioria nunca mais retornou. Fim do mundo

xx/09/1186
João de Toledo, um astrólogo, previu que nessa data haveria um cataclisma devido a um fenomeno que ocorreria no signo de Libra. Previa-se temporais e terremotos. Depois Toledo justificou-se dizendo que na verdade tratava-se da invasão dos hunos, e que foi apenas um pequeno erro interpretativo. Essa previsão gerou pânico, desespero, suicídios e saques no decorrer daquela semana.

01/02/1524
Em janeiro de 1523 um grupo de astrólogos Lodrinos concordou que o fim do mundo se daria num dilúvio que ocorreria devido a um alinhamento planetário em Peixes. Um mês antes, cerca de duas mil pessoas abandonaram Londres, buscando lugares mais altos. Devido a evacuação as casas foram saqueadas.

01/02/1624
O mesmo grupo acima, depois de explicarem que houve um pequeno erro de cálculo, remarcou a data para 100 anos depois.

15/04/1666
15/04/1734
Fim do mundo 15/04/1886
15/04/1943
15/04/2038
Nostradamus, segundo seus intérpretes, previu o fim do mundo para quando a páscoa caísse em 25 de abril o que ocorreu nas datas acima. A próxima será para 2038. Mas isso se não acabar antes.

13/10/1736
William Whiston, um astrólogo, baseado em fenomenos astrológicos que ocorreriam no signo de libra, anunciou que ocorreria um grande dilúvio que proporcionaria o fim do mundo. Houve pânico e saques. Esse dia ficou conhecido como o dia mais feliz dos ladrões.

23/03/1843
23/03/1844
23/04/1834
Miller - Com base em estudos bíblicos feitos no livro de Daniel 8:14, marcou uma data para o fim do mundo, e como o mundo não acabava ele foi alterando essas datas como acima. Muitos de seus seguidores venderam ou doaram tudo o que tinham. Mesmo assim, depois disso com suas pregações alcançou cerca de 50 mil seguidores nas costa leste dos Estados Unidos.

22/10/1844
Ainda o Miller dez anos depois, chegou a conclusão que Cristo retornaria de maneira visível na data acima. Nesse dia todos os lideres de sua igreja se reuniram e aguardaram nos seus lugares de reunião até o anoitecer. As horas se passaram, e o dia amanheceu, e nada. Aquele dia ficou conhecido como: O dia de Grande Desapontamento.

02/02/1962
Astrólogos hindus baseados em um aglomerado planetário no signo de Capricórnio anunciaram que o fim do mundo ocorreria nessa data. Houve grande tumulto, até mesmo entre as autoridades hindus e de paises vizinhos. Vários sacrifícios de animais foram feitos aos deuses, e como nada aconteceu ficaram felizes porque os deuses aceitaram as suas ofertas e não deixaram o mundo acabar.

xx/xx/1975
Data do fim do mundo marcada por uma organização religiosa. Seus adeptos já vinham pregando isso durante vários anos antes. O mundo não acabou e nós somos prova disso.

18/11/1978
Marcada por um pastor chamado Jim Jones, que fundou uma seita chamada "Templo dos Povos". Essa organização chegou a ter cerca de 900 membros. Jim Jones convenceu a muitos que a salvação seria alcançada através do suicídio, e levou seus adeptos a um suicídio em massa. Isso ocorreu na Guiana em 1978.

31/12/1999
Muitos cristãos repetiam o ditado que vinha desde o ano 1.000. (Mil chegará mas 2.000 não passará) Não teve grande repercussão. Foi um tipo de superstição semelhante a ocorrida na virada do ano 999 para o ano 1.000.

O calendário Maia

Fim do mundo

Fala-se atualmente no calendário maia, cujo ciclo termina em 21 de dezembro deste ano de 2012. Apesar de não haver um consenso entre os historiadores e antropologos quanto a essa data, há quem acredite que isso marca o início de uma nova era, ou até mesmo o fim do mundo.
O chamado "calendário de conta longa" é apenas um entre os vários calendários que os maias usavam. Semelhantemente ao nosso calendário que se baseia em semanas, meses, anos e séculos, etc., o calendário maia também se baseia em unidades de tempo, porém diferentes e sempre crescentes.
Cada 20 dias formam um mês, "uinal".
Cada 18 uinals formam um ano "tun".
Cada 20 tuns formam um vintênio, "katun", e assim por diante, com períodos cada vez maiores que vão até 5.200 anos, que é o fim do calendário, e que se encerra na data correspondente a 21/12/2012 de nosso calendário. Nunca é demais repetir: Não há um consenso entre os historiadores e antropólogos a respeito dessa data.

Esse fato não significa que os Maias esperassem o fim do mundo nesse tempo. A maioria dos estudiosos do assunto crêem que o calendário se reiniciaria para outro periodo de 5.200 anos, e assim sucessivamente, da mesma forma como nós contamos os anos, séculos e milênios, e sempre um ano sucedendo outro, um século sucedendo outro, um milênio sucedendo outro e assim infinitamente.

Então podemos afirmar categòricamente: Não há nenhuma relação entre o calendário maia com quaisquer eventuais fenômenos cataclismicos ou qualquer outro evento que traga algum tipo de mudança no mundo por estes tempos, pois os próprios maias não esperavam isto.


Há muitos perigos reais

Fim do mundo erupções vulcânicas Aurora Boreal - A maravilha monstruosa Asteroide

O nosso mundo está sempre propenso a mudanças significativas, inclusive a eventos catastróficos, alguns dos quais podem ser cientificamente previstos e outros não, mas quaisquer mudanças que eventualmente venham a ocorrer não têm nenhuma relação com os Maias.

Há uma constante vigilância quanto a eventuais aumentos nas atividades vulcânicas. Há alguns mêses um vulcão da islandia trouxe sérios transtornos aos transportes aéreos da Europa durante três dias, com centenas de vôos cancelados. Uma erupção vulcânica de grandes proporções poderá trazer problemas maiores a nivel mundial. Se o fenômeno for de longa duração poderá trazer complicações mais sérias com danos imprevisíveis.

Há também algumas previsões científicas para o periodo 2012 e 2013 da intensificação das tempestades solares, que são responsáveis pela aurora boreal. Conforme a intensidade dessas tempestades, elas podem causar grandes danos nos sistemas de fornecimento de energia elétrica com sérias complicações para todos.

Há ainda um serviço constante de vigilância feito pelas agências espaciais de todo o mundo, na tentativa de localizar e se necessário interceptar eventuais meteóros que possam trazer perigos ao nosso planeta.

Na verdade estamos cercados de perigos reais, de tamanhos gigantescos, que a qualquer momento podem colocar um fim em tudo. Nós porém, os "criacionistas(*1)", sabemos que Aquele que criou, também guarda, e que se algo vier a acontecer, será no momento certo, conforme os Seus propósitos.

*1 - Criacionistas: Aqueles que não creem na evolução das espécies, mas que tudo foi criado por Deus.


O que diz a Bíblia?

Fim do mundo

Antes de tudo a Bíblia atribui a Deus a criação de todo o Universo, como também a supervisão e o gerenciamento de tudo em tempo real. Ele, e somente Ele, reina.
Então, quaisquer eventos que venham a ocorrer, sejam eles bons ou maus, serão sempre feitos de Deus. Quaisquer potestades, sejam elas espirituais ou seculares, não têm absolutamente nenhum controle sobre essas coisas.
Até mesmo quando se fala em danos no planeta causado pelo homem, isso ocorre na arbitrariedade do homem. Enfim Deus confiou ao homem tudo o que há na terra, para que ele, o homem, tenha o domínio e cuide de tudo, fazendo do homem um tipo de súdito. Evidentemente, quando os desvios ultrapassam o suportável, Deus interfere, pois Ele tem nas suas mãos o controle de tudo.

Conforme a Bíblia Deus é o Criador e o Senhor do universo. Estamos dizendo isto para expor que o criador é o dono, e criou todas as coisas com algum propósito, e nada acontecerá que não esteja dentro desse propósito.

SALMOS - 19
01 - Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
SALMO - 96
10 - Dizei entre as nações: O Senhor reina; Ele firmou o mundo, de modo que não pode ser abalado. Ele julgará os povos com retidão.

Há inúmeros outros textos bíblicos afirmando que Deus tem colocado alicerces firmes na terra, e nada a abalará. A Bíblia não descarta a ocorrência de males gigantescos sobre a terra, citados nas Sete Trombetas e nas Sete Taças, mas ainda não é o fim. é possível achar refúgios seguros diante do que quer que suceda na terra. Basta estar do lado certo.

Essa preocupação com o fim do mundo, ou talvez a preocupação somada a um pouco de curiosidade, esteve tambem entre os discípulos de Jesús.

No episódio em que eles mostravam o templo para Jesus, orgulhosos que estavam da sua grandiosidade, Jesús lhes replicou, com uma mensagem profética bem abrangente e esclarecedora. Leiamos o texto completo para compreendermos melhor esse assunto:

MATEUS - 24:
01 - Ora, Jesus, tendo saído do templo, ia-se retirando, quando se aproximaram dele os seus discípulos, para lhe mostrarem os edifícios do templo.
02 - Mas ele lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada.

Ele aquí se referia a destruição do templo feita pelo exército romano comandados pelo general Tito, o que ocorreria mais de trinta anos depois.
Os discípulos ficaram temerosos, mas aguardaram o momento certo para indagar.

03 - E estando ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo.
04 - Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane.
05 - Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão.

Jesús aqui esta falando para judeus e cristãos pois os seus discípulos eram judeus e também cristãos e já previa o a vinda de poderes religiosos avassaladores a tal ponto de se identificarem como sendo o próprio cristo.

06 - E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que assim aconteça; mas ainda não é o fim.
07 - Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá fomes e terremotos em vários lugares.
08 - Mas todas essas coisas são o princípio das dores.
09 - Então sereis entregues à tortura, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.
10 - Nesse tempo muitos hão de se escandalizar, e trair-se uns aos outros, e mutuamente se odiarão.

Nos versos acima, Jesús fala de uma forma abrangente, sobre coisas que ocorreriam tanto em um futuro próximo como também distante. Guerras, rumores de guerra, perseguições raciais. "Por causa do meu nome": Hitler incitava o povo a perseguirem e matarem os judeus dizendo que eles, os judeus, tinham matado a Jesus. Na verdade o foi! Mas os nazistas não amavam tanto assim a Jesús a ponto de quererem vingança. Foi apenas mais um laço nazista jogando o povo alemão contra os judeus.

11 - Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos;
12 - e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.
13 - Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo.

Falsos cristos, religiosos enganadores, etc., coisas que ocorreram desde então, e ocorrem até hoje.

14 - E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.

O cristianismo divulgado em todo o mundo. Não exatamente como forma de mais uma religião, mas de um modo de vida exemplar de relacionamento entre as pessoas como também de relacionamento entre o homem e o seu criador. Segundo o apóstolo Paulo isso já ocorreu durante o seu ministério conforme:
COLOSSENCES 01:
23 - se é que permaneceis na fé, fundados e firmes, não vos deixando apartar da esperança do evangelho que ouvistes, e que foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, fui constituído ministro.
...é claro que Paulo está se referindo a todo o mundo conhecido de então.
Há atualmente a necessidade que isso volte a ser feito neste nosso mundo de hoje, que é um mundo muito maior que o da época de Paulo, mas por outro lado conta com enormes facilidades tanto na área de transporte como da comunicação.
15 - Quando, pois, virdes estar no lugar santo a abominação de desolação, predita pelo profeta Daniel (quem lê, entenda,)
16 - então os que estiverem na Judéia fujam para os montes;
17 - quem estiver no eirado não desça para tirar as coisas de sua casa,
18 - e quem estiver no campo não volte atrás para apanhar a sua capa.

O lugar santo era o templo de Jerusalem. Antes do sacrifício do Cristo, ali era o lugar da "habitação" de Deus.
A abominação, ocorre com a ocupação desse lugar santo por religiões pagãs. Somente o fato do lugar se tornar ponto de práticas puramente religiosas, já é uma abominação. Ai Jesús recomenda que os judeus procurem habitar em lugares seguros, porque seriam perseguidos todo o tempo ao longo da história, como o foi, e até hoje ainda o é.

19 - Mas ai das que estiverem grávidas, e das que amamentarem naqueles dias!

O texto profético traz a idéia de genocídeo. Isto tem ocorrido e pode se notar a existência desse desejo manisfesto no coração de povos vizinhos a Israel.

20 - Orai para que a vossa fuga não suceda no inverno nem no sábado;

O texto sugere que quando ocorrer essa fuga, os judeus possam estar levando suas provisões. No sábado não se podia correr atraz de provisões, e no inverno elas não existiam. Nas diversas perseguições sofridas pelos judeus através da história, em alguns casos eles puderam sair levando o que tinham, mas em outros casos sairam sem nada. Até hoje se questiona os bens dos judeus da Alemanha da segunda guerra.

21 - porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá.
22 - E se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.

Aqui Jesús aborda os tempos da chamada "Grande Tribulação", que Israel sofrerá no período pré e durante a guerra do Armagedom. Esta será a Terceira Guerra Mundial, com os mesmos personagens que estiveram envolvidos na primeira e na segunda guerra.

23 - Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis;
24 - porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
25 - Eis que de antemão vo-lo tenho dito.
26 - Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto; não saiais; ou: Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis.
27 - Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do filho do homem.
28 - Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão os abutres.
22 - E se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
Organizações religiosas oferecendo ajuda aos judeus, como se fossem da parte do messias.
29 - Logo depois da tribulação daqueles dias, escurecerá o sol, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu e os poderes dos céus serão abalados.

Ainda que o texto tenha uma aparência astronômica, na verdade fala por simbolos: O sol se escurecera: Jesus Cristo não estará sendo ensinado. A Lua não dará a sua Luz: A Igreja não estrá pregando e ensinando. As estrelas cairão do céu: Pessoas que estão em evidência no mundo cairão de seus postos. Isto pode adentrar também na área angelical, pois as grandes lideranças da terra envolvidas nesse conflito são orientadas por entidades espirituais.

30 - Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

Isto é para o futuro. Este aparecimento de Jesús entronizado declara o fim de um período e o início de outro. Alguns anos antes desse aparecimento, houve o arrebatamento da igreja.
Logo após isto, houve o início dessa grande guerra e essa sucessão de acontecimentos que engloba o periodo da grande tribulação de Israel.
Agora Ele volta, junto com a igreja, para por termo a toda essa confusão que está na terra, com Israel sendo massacrado pelos seus inimigos.
Jesus com a igreja entram na militancia, acabam com a guerra, derrubam os fortes (homens poderosos) de seus postos, libertam em Israel todo aquele que invocar o nome dO Senhor, e Jesús inaugura o milênio, com Satanaz preso.

31 - E ele enviará os seus anjos com grande clangor de trombeta, os quais lhe ajuntarão os escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.
32 -Aprendei, pois, da figueira a sua parábola: Quando já o seu ramo se torna tenro e brota folhas, sabeis que está próximo o verão.
33 - Igualmente, quando virdes todas essas coisas, sabei que ele está próximo, mesmo às portas.

Aqui se fala para os judeus. Nesta época a igreja já está com Cristo.

34 - Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas se cumpram.

Geração aqui não está no sentido de tempo de vida de uma pessoa mas dos renascidos da igreja.
Há outros pensamentos acerca deste mesmo texto bíblico. Vejamos:
Segundo "Jerônimo" geração significa a raça humana.
Segundo "Maldonado" geração significa a criação.
Segundo "Orígenes, Paulus e Crisóstomo" geração significa Os discípulos, a geração de crentes.
O termo geração vem do grego "genea", e significa raça, tipo de povo, espécie, família ou nação. As palavras de Cristo asseguram a continuação da nação de Israel, até a sua volta. Como raça e como nação (sua identidade), o povo de Israel continuará até chegar aquele acontecimento. Esse também é o pensamento de Paulo conforme Romanos 11:
25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo para que não presumais de vós mesmos : que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.

35 - Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão.
São profecias que abrangem um período que vai alem do tempo de existência do nosso sistema solar.

36 - Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai.

Diante dessa palavra, quando alguém se dispõem a prever o fim do mundo está se colocando acima do próprio Jesús.

37 - Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.
38 - Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca,
39 - e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem.
40 - Então, estando dois homens no campo, será levado um e deixado outro;
41 - estando duas mulheres a trabalhar no moinho, será levada uma e deixada a outra.
42 - Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor;
43 - sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.
44 - Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.
45 - Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o senhor pôs sobre os seus serviçais, para a tempo dar-lhes o sustento?
46 - Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar assim fazendo.
47 - Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.
48 - Mas se aquele outro, o mau servo, disser no seu coração: Meu senhor tarda em vir,
49 - e começar a espancar os seus conservos, e a comer e beber com os ébrios,
50 - virá o senhor daquele servo, num dia em que não o espera, e numa hora de que não sabe,
51 - e cortá-lo-á pelo meio, e lhe dará a sua parte com os hipócritas; ali haverá choro e ranger de dentes.

Então é isso! São muitos os que estão se colocando acima dos anjos de Deus, e acima do próprio Cristo, prevendo coisas que nem ao próprio Jesús foi revelado.
O que podemos afirmar, com total segurança firmados nas bases bíblicas expostas, é que ...


Não haverá nenhum fim do mundo

pelo menos até o ano 3.012, após o milênio.
Isto, se o milênio começar agora, neste ano de 2012.


Conforme a escatologia bíblica, o chamado "arrebatamento da igreja" não é o fim do mundo. Também a volta de Jesus no Monte das Oliveiras não é ainda o fim do mundo.

"*" Escatologia: Estudo das últimas coisas.

Virá ainda a guerra do Armagedom, (...que provalvemente é a terceira guerra mundial...), depois o milênio que será estabelecido por Jesus. Trata-se de um período de um mil anos, com todas as nações da terra sob o governo direto de Cristo. é o que a Bíblia diz.

Coisas terríveis estão previstas e acontecerão a seu tempo, que são as manifestação da indignação de Deus contra os homens e contra as nações que abandonaram os caminhos de Deus para seguirem os seus próprios.

Depois do milênio ocorrerão alguns eventos, como a soltura de Satanaz, a guerra de Gogue e Magogue, o juízo final, o lago de fogo e enxôfre preparado para Satanás e seu anjos, e somente depois de tudo isto é que ocorrerá o início do fim, vindo depois de tudo isto o chamado e tão almejado estado eterno.

Podemos ficar descansados, firmados na esperança conforme "1 Coríntios 2.9", que diz:
Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam.

Seleções e comentário dos textos bíblicos: Pr. Walter Vaccaro

Buscai no livro do SENHOR, e lede;
Isaías 34.16-a.

Estudos Bíblicos
COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário.

De: (Nome ou Pseudônimo)
Região: (Ex: Curitiba, PR, Brasil)
Email: (Não obrigatório mas desejável - Estará em total sigilo.)
Comentário: (900 caracteres ou 15 linhas)
Data: 08/04/2017 - 20:41:30 Hs.
Nome: Walter Eu.
Região: Glorioso Parque São Rafael

Mensagem/Comentário:
2012 já passou faz muito tempo.


Data: 08/04/2014 - 23:28:42 Hs.

Geremiah comentou:
É. Tem razão. Já estamos em 2014 e o mundo não acabou.

Data: 04/09/2013 - 23:15:13 Hs.

Pr. Walter Vaccaro comentou:
Deixe o seu comentário.
Se por algum motivo você não quiser se identificar, pode usar um pseudônimo (apelido).
Participe.


setacima

T
o
p
o
setacima

T
o
p
o